Descansando os olhos com Redshift

Quem usa muito computador com certeza já sentiu algum tipo de desconforto em relação à seus olhos. Os exemplos mais comuns são irritação e cansaço visual, e isso deve-se a uma série de fatores. Tanto a luminosidade do ambiente ou equipamento usado, tempo de uso e até a distância dos olhos da tela podem influenciar na saúde da sua visão.

Através de uma dica no VOL encontrei um programa muito útil que ajuda a diminuir um pouco os problemas.

Neste post mostrarei como instalar o Redshift.

O programa, inspirado no f. lux, ajusta a temperatura das cores da tela baseado na posição do sol (usando suas coordenadas geográficas – latitude e longitude). À noite, a temperatura das cores deve ser ajustada para coincidir com as luzes do seu quarto. Já durante o dia, a temperatura deve ser regulada baseando-se na luminosidade do exterior. Isto acaba reduzindo um pouco o brilho da tela, e consequentemente, diminuindo a fadiga nos olhos.

Para instalar o pacote no Arch Linux, siga os passos abaixo:

1. INSTALAÇÃO

# pacman -S redshift

Se quiser utilizar o gtk-redshift (adiciona um ícone ao painel do sistema, podendo ativar/desativar o programa com um clique) instale também o pyxdg.

# pacman -S pyxdg

2. USANDO O REDSHIFT

O programa funciona em linha de comando. Se estiver usando o Gnome, o Redshift pega as coordenadas geográficas automaticamente do relógio deste ambiente gráfico.

Como estou usando Fluxbox no momento, tive que especificar a latitude e longitude manualmente através da linha de comando. O comando para iniciar a aplicação é mostrado a seguir:

gtk-redshift -l -30.0159:51.1348 -m vidmode &

  • gtk-redshift executa o programa e adiciona um ícone ao systray (necessário ter pacote de temas tango instalado).
  • A opção -l diz que você quer usar a latitude e longitude e o que deve seguir após este parâmetro são estas informações, respectivamente e separadas por “:”.
  • Você pode conseguir as coordenadas da sua cidade neste site.
  • A opção -m vidmode usa uma extensão para o X server (servidor gráfico) e ela que define a cor propriamente. Além de vidmode, temos a opção randr. Não sei a diferença entre elas, mas o driver de vídeo instalado deve suportar uma delas para que o programa funcione. Testei com a opção vidmode e driver da ATI e não tive problemas.
  • O “&” libera o terminal para continuar seu uso.
  • Ao executar o comando acima, o programa irá alterar sutilmente a temperatura das cores deixando a tela com um tom levemente avermelhado. Ao utilizar o programa por uns 15 minutos e clicar no ícone para desativá-lo, você verá que a diferença é gritante, principalmente à noite.

    Para ativar o programa na inicialização do sistema, adiciona as linhas abaixo no seu ~/.fluxbox/startup.

    # Inicia descanso da visão
    gtk-redshift -l -30.0159:51.1348 -m vidmode &
    

    Substitua o -30.0159:51.1348 por sua latitude:longitude.

    Referências

    [1] – Redshift – Programa para descanso da visão
    [2] – Página do Redshift
    [3] – Latitude e Longitude das cidades Brasileiras

    Anúncios
    Marcado com: , , ,
    Publicado em arch, internet, linux, programação, terminal

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: