ATENÇÃO NERDS DE PLANTÃO!

O ProcessoLinux, por meio deste colaborador meio afastado do blog, vem comunicar à você, nerd leitor do PL que gostaria de ser mais um felizardo à ter o carimbo do Google na sua Carteira de Trabalho, que agora é a chance que você estava tanto esperando:

O Google acaba de abrir vagas para os escritórios do Brasil, Argentina e México para cargos iniciais ou gerenciais.

Tudo que você precisa fazer é cadastrar o CV no site do Grupo DMRH, banco de talentos do Google, e ficar de vigília na caixa de entrada do seu Gmail torcendo que seja chamado para uma seletiva.

Fonte: Diário de Tecnologia

Marcado com: , ,
Publicado em geral

Iniciando no mundo GNU/Linux

Só por estar lendo este post quer dizer que você tem, no mínimo, um interesse em sistemas GNU/Linux.

Este post tem como objetivo apresentar o sistema e ajudar novos usuários com algumas dicas que julgamos importantes para quem está começando neste novo mundo.

Leia mais ›

Marcado com: ,
Publicado em linux, terminal, ubuntu, windows/linux

Instalando pacotes do AUR no Arch Linux

O AUR (Arch Linux User Repository) é um repositório de pacotes alimentado pelos próprios usuários do Arch. É lá que se encontram os pacotes mais desconhecidos e/ou que ainda não estão disponíveis nos repositórios oficiais da distribuição. Por causa disso o AUR acabou se tornando o berço dos pacotes do Arch. Quando um pacote se encontra no AUR, as pessoas podem votar a favor, ou contra do mesmo, baseando-se na qualidade, utilidade, estruturação e, claro, segurança do seu pacote enviado.

Se um pacote receber vários votos positivos, um “Trusted User” poderá adotá-lo e movê-lo para o repositório [community]. Desta forma seu pacote estará em um repositório oficial e, consequentemente, poderá ser instalado pelo pacman e/ou ABS.

Leia mais ›

Marcado com: , , , ,
Publicado em arch, linux, terminal

Instalando o MySQL no Arch Linux

O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD), que utiliza a linguagem SQL (Linguagem de Consulta Estruturada, do inglês Structured Query Language) como interface [1].

Algumas características são:

  • Portabilidade (suporta praticamente qualquer plataforma atual);
  • Compatibilidade (existem drivers ODBC, JDBC e .NET e módulos de interface para diversas linguagens de programação, como Delphi, Java, C/C++, Python, Perl, PHP, ASP e Ruby);
  • Excelente desempenho e estabilidade;
  • Pouco exigente quanto a recursos de hardware;
  • Facilidade de uso;
  • É um Software Livre com base na GPL;
  • Suporta controle transacional;
  • Suporta Triggers;
  • Replicação facilmente configurável;
  •  

    Neste post mostrarei como instalar o MySQL no Arch Linux.

    Leia mais ›

    Marcado com: , ,
    Publicado em arch, linux, terminal

    Reproduzindo vídeos embedded no Opera

    Já estava há algum tempo com problemas no Opera na hora de reproduzir vídeos embedded (embutidos na página).

    Quando clicava no “Play” era como se não houvesse clicado, ou seja, não reproduzia o vídeo, não parava a reprodução, o volume não era alterado, nada funcionava. As vezes de tanto clicar havia um retorno, mas isso variava muito.

    Sempre achei que fosse problema do flash, mas os vídeos reproduzidos direto no youtube funcionavam, e o firefox reproduzia os vídeos nas páginas sem problemas.

    Acabei achando uma “solução” sem querer:

    Segurando a tecla Ctrl + Clique no controle do vídeo (play, pausar, volume, etc) a ação é executada imediatamente, como deve ser.

    Está funcionando 100% nos vídeos fora do youtube, com o Opera v10.10 build 4742 no Arch Linux.

    Marcado com: , , , ,
    Publicado em linux

    Criando um MOD para Diablo 2 – LOD

    Neste post mostrarei como criar um mod (modificação) para o jogo Diablo 2: Lord of Destruction. Será algo simples, mas é possível aproveitar a ideia e o conhecimento para algo mais avançado.

    A modificação em questão tem por finalidade duplicar os itens abaixo usando o Cubo Horádrico:

  • 1 anel -> 2 anéis;
  • 1 amuleto -> 2 amuletos;
  • 1 gema perfeita (topázio, ametista, etc) -> 2 gemas perfeitas;
  • 1 jóia -> 2 jóias;
  • 1 runa -> 2 runas;
  • Ao colocar qualquer item supracitado no cubo e clicar em transmutar, o mesmo será duplicado.
    Leia mais ›

    Marcado com: ,
    Publicado em windows/linux

    Teclado ABNT2 no Arch Linux

    O processo para configurar o teclado para ABNT2 no Arch Linux é semelhante ao método para Slackware 13.0. Porém, assim como para outros usuários do fórum do Arch, meu teclado continua desconfigurado ao utilizar o ambiente gráfico. Isto acontece mesmo tendo configurado o keymap corretamente no arquivo de configurações do Arch (/etc/rc.conf).

    Para resolver o problema, rode o comando abaixo ao iniciar o ambiente gráfico:

    setxkbmap -model abnt2 br &

    Se estiver usando o Openbox, acrescente o comando acima no arquivo ~/.config/openbox/autostart.sh. Este script é chamado automaticamente ao iniciar a sessão do Openbox (com o comando exec openbox-session).

    Caso esteja usando o Fluxbox, acrescente o comando no arquivo ~/.fluxbox/startup.

    Se não estiver usando nenhum destes gerenciadores, terá que procurar como iniciar programas/comandos com os mesmos.

    Feito isso, seu sistema já deve estar com o teclado configurado corretamente.

    Referências

    [1] – Arredondando o Arch Linux
    [2] – X Window (Ambientes Gráfico)

    Marcado com:
    Publicado em arch, linux